"Mais do que tudo, é preciso ser teimoso, ter persistência, e acima de tudo, gostar muito! O José Maria Salvado aprendeu a tocar gaita de fole porque lhe deram uma. Aprendeu por teimosia e quando conseguiu, percebeu que o instrumento que tinha estava mal feito e por isso decidiu dedicar-se à construção. Desmontou duas máquinas de lavar para poder utilizar o motor para fazer os tornos, e lá estudou e aprendeu. Construiu muitas gaitas e nunca vendeu nenhuma: ofereceu todas, com o intuito de incentivar mais pessoas a tocar. Criou um grupo, mas não resultou. Então decidiu tocar com uma caixa de ritmos. Quando se quer a sério é assim!"

- Tiago Pereira

Coruche, Santarém, Ribatejo

Ir para Santarém