Homenagem a Francisco António 

Novembro 3, 2012

Ourique, Beja

Beja, Beja, Baixo Alentejo

Ir para Beja

Quis o Francisco António levar a sua viola Campaniça para a campa, mas já doente pensou que a queria era deixar ao seu discípulo Pedro Mestre, assim a campa transformou-se em Viola Campaniça.

A vila do Alandroal

A vila do Alandroal
Tem dois arcos à ventura
Onde passa a mocidade
Quando vão p'rá sepultura
Quando vão p'rá sepultura
Passam à estrada real
Tem dois arcos à ventura
A vila do Alandroal
Já que me pedem que eu cante
Vou-lhes fazer a vontade
E agora estou eu cantando
Ao pé de tanta amizade
A vila do Alandroal
Tem dois arcos à ventura
Onde passa a mocidade
Quando vão p'rá sepultura
Quando vão p'rá sepultura
Passam à estrada real
Tem dois arcos à ventura
A vila do Alandroal